Cedido para Resenha,

Resenhando: Zylgor - A Princesa das Águas - Volume 1

13:11 Jéssica Figueiredo 2 Comments

Olá, pessoal *---* Venho trazer para vocês uma resenha para aqueles que se interessam por um mundo extremamente novo! Que quer ler algo sem clichês!
Como eu postei aqui anteriormente o blog é parceiro da autora Luciene Evans :D E ela depois de um tempo mandou o livro em e-book para mim! Algumas pessoas queriam saber se eu iria fazer a resenha do livro e aqui estou eu. Primeiramente, como já falei com a autora, eu fiquei muito feliz e agradecida pela confiança! A segunda coisa é que foi a primeira vez que li em e-book Y.Y É complicado demais hahahahah Eu coloquei no meu celular e sempre quando tinha um tempinho eu lia u.u principalmente antes de dormir. O bom de e-book é que pode ler com as luzes apagadas u.u Como foi a primeira vez lendo nesse formato eu demorei, mas tenho certeza que se fosse em físico o livro teria sido extremamente devorado por mim o/


Sinopse:


Cã acorda em um bosque azul. Não sabe onde está nem como foi parar ali. Pior de tudo, as únicas "pessoas" que encontra são três gnomos que acabam conduzindo o garoto para a maior aventura de toda sua vida. A venda no site Amazon.











______________________________Resenha______________________________

Cã um órfão de 15 anos desperta em um bosque estranho. O mais estranho ainda era o local ser totalmente azul, logicamente com várias matrizes desta cor. Ele não sabia como havia ido parar naquele local desconhecido por ele. Até que inacreditavelmente três gnomos aparecem. Vu, Mu e Zu. Mu, o sábio, conversa com Cã, querendo saber como ele havia parado ali. Na tentativa de recuperar sua memória Cã acaba lembrando que fora trazido aquele local distante por uma força estranha, uma menina que ao mesmo tempo era a água que caia da chuva.
"- Se assim deseja... Como eu ia dizendo, você está no bosque dos gnomos que, modéstia a parte, é um dos territórios mais belos das Terras Aquecidas de Zylgor.
'Zylgor!? Zylgor!?', o rapazinho repetiu em pensamento. Aquele nome ecoou sonoramente em sua cabeça".
Ele havia parado em Zylgor com uma pequena caixa e uma instrução de somente abri-la na frente da pessoa certa. Os três gnomos levaram o menino para sua moradia. Era dentro de uma enorme árvore do bosque dos gnomos. Lá Cã descobre que Zylgor estava em apuros! A rainha de Zylgor, Hamena, fora exilada em outro mundo, e, em seu lugar, estava Daimos, um tirano que se autointitulava imperador. A caixa deveria ser entregue para a filha da rainha. Seu nome era Lílat, e logo de cara, a princesa e o forasteiro não tiveram simpatia um pelo outro. 
"Ela possuía uma beleza fora do comum. Era magra e alta, de olhos enormes e amendoados que mais pareciam lagos violeta e profundos riscados de dourado como se iluminados por todas as estrelas do universo.Seus cabelos eram como fios de seda que desciam até a cintura em suaves cachos lilases mesclados com mechas tão douradas quanto os raios de sol em uma manhã de verão. Sua pele possuía uma tonalidade lilás aquosa e suave".
A aventura de todos tinha tempo para começar e terminar. O dever de todos era abrir um portal para a rainha Hamena, exilada na terra, voltasse para Zylgor e recuperasse o seu poder. Seria uma viagem mortal onde teriam que enfrentar ciclopes, espectros, salamandras de fogo e muitos outros seres que iriam ficar no caminho de todos para que a missão falhasse. Era um mundo novo,onde Cã nada sabia. Ele estava ali com três gnomos e uma princesa, indo salvar um mundo que ele logo passaria a amar.   
"- A boa notícia é que tudo está prestes a mudar, pois não demorará muito e as três luas de Zylgor: Ming, Grixa e Katmicha irão se alinhar com Ígnis, o nosso sol. Haverá um eclipse solar, o primeiro de toda a história de Zylgor. Um portal mágico entre o planeta Terra e Zylgor será aberto e com isso Hamena poderá voltar".
______________________________O que achei______________________________

Achei que a autora criou um universo extremamente novo. Com a literatura sendo bombardeada com várias histórias sobre o tema fantástico, Lu foi totalmente autêntica em toda a sua história. Por isso que eu digo que não é um livro clichê; Sim, pode até mesmo ter gnomos, ciclopes, fadas, silfos. Mas, eles foram colocados de uma forma tão diferente do que eu estou acostumada a ver e a ler que realmente foi muito convincente.

Esse mundo novo criado foi extremamente maravilhoso. Ela conta como Zylgor surgiu e eu achei extremamente legal hahahaha eu gosto de livros que falam de criações de mundos u.u O povo de Zylgor é totalmente de Zylgor. Você não vai encontrar em lugar nenhum.

Uma sacada muito legal que eu gostei foi que existem uns cristais que podem controlar cada elemento: Fogo, Ar, Terra e Água. Cada elemento é pertencente, digamos assim, a uma deusa.
Uma das coisas mais marcantes na história é o temperamento da princesa. É forte, mimado e principesco. Não é algo que possa tirar dela. Mas uma coisa eu tenho que dizer: Ela realmente quando implica com uma pessoa é para sempre hahahah

"A escolhida das deusas, que graciosa

Até o bravo não esconde
O tanto que está admirado
Com sua dança formosa
Com sua dança formosa"
Lu colocou em seu face algumas imagens dos locais que ela tomou de inspiração para escrever o livro. E era cada lugar lindo *-* Também me ajudou muito para imaginar alguns locais que, para mim, eram desconhecidos. Durante algumas passagens dos livros há música e eu ficava imaginando como deveria ser o ritmo delas.

Bom, pessoal, espero que tenham gostado. Essa é minha dica para aqueles que querem entrar em um mundo completamente novo. Até mais!

Olha só que legal!

2 comentários:

  1. Adorei a resenha, deu vontade de ler o livro!

    ResponderExcluir
  2. Tô ansiosa para ler esse livro... tá na minha listinha para os próximos meses <3

    Livre Leve Livro

    ResponderExcluir