Cedido para Resenha,

Resenhando: A 5ª Onda

13:48 Jéssica Figueiredo 13 Comments

Olá, galera! Como eu tinha dito eu estou participando de uma Maratona Literária! Vocês podem saber mais AQUI E eu finalmente concluí a minha primeira leitura :D Até que não demorou muito, já que a maratona começou ontem. O livro escolhido foi A 5ª Onda, primeiro que esse é o livro de parceria com a Editora Fundamento, e também, eu estava louca para lê-lo. Aproveitei e devorei as páginas deste livro. Vamos saber mais um pouco sobre ele?

Sinopse:

Depois da primeira onda, só restou a escuridão. Depois da segunda onda, somente os que tiveram sorte sobreviveram. Depois da terceira onda, somente os que não tiveram sorte sobreviveram. Depois da quarta onda, só há uma regra: não confie em ninguém. Agora inicia-se A QUINTA ONDA. No alvorecer da quinta onda, em um trecho isolado da rodovia, Cassie foge deles. Os seres que parecem humanos, que andam pelo campo matando qualquer um. Que dispersaram os últimos sobreviventes da Terra. Cassie acredita que, estar sozinho é estar vivo, até que conhece Evan Walker. Sedutor e misterioso, Evan Walker pode ser a única esperança de Cassie para resgatar seu irmão — ou até a si mesma. Mas Cassie deve escolher entre a esperança e o desespero, entre a rebeldia e a entrega, entre a vida e a morte. Entre desistir ou contra atacar.





{Resenha}

Cassie está sozinha. Está sozinha na terra. Será que ela ainda poderia chamar aquele mundo de seu? Quantas e quantas vezes tinha assistido a um filme de invasão alienígena? Nesses filmes os alienígenas era bondosos, queriam aprender mais com os seres humanos. Ou então, eles eram malvados, queriam roubar os recursos da Terra. E no fim, a humanidade dava as mãos, a união era suprema e o inimigo derrotado. Porém, aquilo não era um filme. Era a vida real. Os alienígenas haviam sido mais espertos que os humanos. E tinham o único propósito. Exterminar a todos. Na vida real os humanos eram esmagados. Nenhuma ajuda viria.
"Esqueça as batalhas épicas com tanques e jatos de guerra e a vitória final para nós, humanos intrépidos, brigões e indomados sobre o enxame de olhos esbugalhados.
(...) A verdade é: quando nos encontrarem, a gente já era".
Cassie, de Cassiopéia, está há muito vagando sozinha pela floresta. Só esperando que a 4ª Onda chegue até ela. Quando o mundo é tomado você tem que seguir algumas regras para tentar se manter vivo. A principal é: Não confie em ninguém. A melhor forma de sobreviver é ficando sozinho. Você não pode saber o que se passa na mente da pessoa que está na sua frente, ou, se ela é realmente uma pessoa. A desconfiança. O medo. 

Quando a imensa nave apareceu muitas pessoas ficaram surpresas. As crianças achavam que iriam poder viajar por entre os mundos. Algumas pessoas entraram em pânico. Outras achavam que teriam que fazer valer o final de suas vidas. O fim estava próximo. Porém, nenhum contato era feito. Ninguém sabia qual seria o verdadeiro objetivo dos visitantes - como foram chamados. Até que a primeira onda chegou. 
"A 1ª Onda levou meio milhão de pessoas.
A 2ª Onda fez esse número parecer uma piada".
O que fazia com que Cassie não perdesse o controle. Que fazia com que ela conseguisse acordar todos os dias, era o desejo de rever o seu irmão. Antes de ficar sozinha no mundo seu irmão foi levado com outras crianças para um local seguro pelos militares. E o que ela não poderia deixar de lado era a promessa de que iria buscá-lo. 
"-Você vem mais tarde, Cassie?
- Pode apostar.
- Promete?
Prometi. Não importa o que aconteça. Não... importa... o que... aconteça".
{O que achei?}

Primeiramente quando eu peguei o livro para ler eu não tinha percebido que era sobre invasão alienígena. Podem ficar surpresos com isso, mas eu achava que era outra coisa - só não sei o quê. Foi a primeira vez que li um livro sobre o assunto, e eu posso dizer que É MUITO BOM! Outra coisa que ficava sem entender era o que seriam as Ondas. Eu pensava que era algo como tsunamis. Bom, é como se fosse, porém, são os atos provocados pelos Outros que matam os humanos como baratas. Uma dessas ondas (3ª) foi a pestilência. Onde 9 em cada 10 pessoas morriam. Era tudo um plano de extermínio da raça humana. Quem não morreu na terceira onda agora era obrigado a viver no medo. Os Outros se pareciam como humanos. E os Silenciadores - como Cassie os chamou -, tinham um único propósito que era matar os humanos sobreviventes. Por isso que era melhor ficar sozinho. Não era permitido confiar em ninguém. Nem mesmo se a pessoa estiver morrendo na sua frente implorando por ajuda.

O livro é dividido em 11 partes. Cada uma delas narrada por uma pessoa diferente. São três pessoas que narram a história. Cassie e mais duas pessoas que não vou contar :D Sem spoiler u.u 
O que eu gostei do livro é que mostra um outro lado da humanidade, o lado perdedor. Estamos acostumados a ver em filmes a humanidade conseguindo se superar - de uma maneira muito rápida até -, de um ataque de seres extremamente evoluídos. Mas no livro é contado de uma outra forma. Os seres humanos irão ser exterminados. E pronto. 

Posso dizer que no princípio eu achava Cassie muito chata. Ela era muito revoltada com a vida. E estava revoltada até com os rumores sobre os visitantes. E sim, ela segue a risca sobre não confiar em ninguém. 
Eu gostei muito dos outros personagens, que ao meu ver, também eram personagens principais. O irmão dela, Sams, é um amor :3 Outro que eu realmente me apaixonei foi por Evan Walker. Cassie continua desconfiada, sempre desconfiada. Mas a única coisa que eu pensava era em abraçá-lo e alinhá-lo no colo. Sério mesmo.

A escrita do autor é muito fluída. E eu não me senti cansada. O livro é grande e não tem muito diálogo. São várias e várias páginas preenchidas do início ao fim. Mas ele não é em hipótese nenhuma chato,de você chegar a suspirar e pedir alguma reviravolta. Os capítulos são curtos e o que deixou a história mais dinâmica foi a alternância de narradores e de ambiente. Foi um livro que li em dois dias praticamente. Que o final me deixou em extrema agonia por conta do que estava acontecendo com os personagens. Ficava "Nossa! Já era!"
 Só digo uma coisa: Espero que os outros seres continuem no espaço. 
E agora fico aguardando o segundo livro que será "O Mar Infinito" e para quem não sabe... A 5ª Onda terá filme o/ e quem irá interpretar a Cassie é nada mais nada menos que Chloë Grace Moretz. Ela fez Se Eu Ficar :3
"Essa é a falha no plano mestre de      : se não matar todos nós de uma vez, não serão os fracos que vão sobreviver. É o forte que vai permanecer".

Espero que tenham gostado da resenha. Ela ficou imensa, eu acho. E eu ainda não falei tudo o que eu iria falar. Sério mesmo. Comprem o livro, pois vale muito a pena.


Olha só que legal!

13 comentários:

  1. Olá!!

    Eu não conhecia esse livro e, assim como você, nunca li nada do gênero (alienígenas)... Confesso que fiquei curiosa para conhecer a estória, mesmo a protagonista sendo chatinha. rs

    Acho que minha primeira resenha para a maratona sairá por esses dias também. :) Já começou o segundo livro?

    Beijos,

    Samantha Monteiro
    http://www.wordinmybag.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou no segundo livro agora :D Vou dar uma olhada na resenha do teu primeiro livro o/ bjs

      Excluir
  2. Olá

    Peguei um folheto com primeiro capítulo deste livro há tempos e até hoje não li haha, mas eu geralmente nem leio esses folhetos porque se eu acabar gostando vou querer o livro imediatamente. Achei legal a temática e acho que leria também se tivesse a oportunidade, mesmo aparentemente sendo narrado em primeira pessoa por alguns dos personagens.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  3. Ola lindona não conhecia o livro e invasão alienígena não me chama muito atenção, não conhecia o livro , ainda mais com protagonista chatinha, Vou deixar passar a leitura . Não me atraiu. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  4. Nem se preocupe com o tamanha da resenha, pois é tão agradável a leitura que a gente nem percebe é grande. Adorei a temática do livro. Vai para minha lista. Acho que não li nada de alienígenas, só tenho visto filmes e séries. Uma ótima oportunidade. E que venha mais uma adaptação. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *-----* Obrigada :D Eu também não tinha lido nada sobre isso, mas é um livro que eu poderia sair indicando pra todo mundo :D Vale muito a pena. E sim, que venha mais uma adaptação. Bjs o/

      Excluir
  5. Eu não tinha a menor ideia da pequena quantidade de diálogos no livro. Sempre estranho quando descubro que um livro é assim, mas que bom que ele não se tornou cansativo, apesar da chatice da Cassie no início. É um livro que quero muito ler!! Espero ter a oportunidade de fazer isso logo.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  6. Olá, eu nunca li nenhum livro com essa temática, mas ele deve ser muito bom principalmente como você disse por mostrar o lado perdedor da humanidade, já que sempre estamos por cima em outras historias. Acho meio normal no começo não nos apegarmos ou gostarmos do protagonista e depois de conhece-lo entender o porque de sua personalidade. espero poder ler em breve este livro também <3

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  7. Oi, nunca li livros com invasão alienígena. Pelo menos não que eu lembre. ^^ Não sei se eu iria gostar da leitura, mas você falou tão bem que deu pra ficar curiosa. :)
    Beijo
    http://sonhos-em-paginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Jéss, tudo bem? Nossa, eu nunca imaginei que o livro se tratava de invasão alienígena e deu bastante vontade de ler.. e as ondas, fiquei bastante interessada pelo que elas realmente são. Bom, achei interessante o livro mostrar um outro lado, e não a de que sempre os humanos saem ganhando.Gostei de saber da narração de diferentes personagens, acho que assim fica mais dinâmico e dos capítulos curtos também.

    Bom, não assisti a "Se eu Ficar" mas várias pessoas falaram muito bem da atuação da Cloe. Enfim, se vai ter filme, vou querer ler.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  9. Jéssica, tamo junto, também não fazia ideia de que o livro tratava de ET, mesmo já tendo visto a capa zilhões de vezes. Lendo a sinopse, não me interessei pela história, mas sua resenha me fez mudar de opinião. Na verdade, acho que é um pouco de preconceito porque nunca li nada sobre alienígenas, então seria uma boa chance. E o lance do filme é só um estímulo a mais pela leitura. Adorei a Chloe em Se Eu Ficar, tomara que ela repita a boa atuação.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Jess,

    Eu não conhecia este livro, gostei muito da sua resenha. A coitada da Cassie tinha que ser revoltada e desconfiada, afinal tantos acontecimentos, eu a compreendo.
    Bom, o enredo parece interessante e para os amantes de invasões extraterrestres como o meu marido, este livro é interessante, talvez eu dê de presente a ele,se ele prometer ler, afinal já dei dois livros, mas não leu, prefere assistir aos filmes. Fato é que eu não me interesse pelo tema. Acho que se um dia não tivesse nada para ler, até leria, porém é difícil eu não ter o que ler.

    beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Gostei da sua resenha, mas acho que você não deveria ter falado o que eram as ondas, poxa, tive que pular essa parte :/
    Mas olha, adorei a sinopse e apesar de não gostar dessas coisas de alienígenas, quem sabe eu não dou uma chance?!
    Beijos,
    http://vivendonoinfinito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir