Cedido para Resenha,

Resenhando: Todos os Nossos Ontens

09:16 Jéssica Figueiredo 12 Comments



Olá, pessoal :D

Hoje trago para vocês a resenha do livro, cedido pela Editora Novo Conceito, Todos os Nossos Ontens. Acho que todo mundo já se perguntou o que poderia fazer se voltasse no tempo. O que poderiam mudar e, talvez, se essas mudanças iriam ser para melhor ou para pior. É algo muito complicado e até mesmo apavorante. Afinal, você pagaria para ver?

O que um governo poderia fazer se pudesse viajar no tempo?
Quem ele poderia destruir antes mesmo que houvesse alguém que se rebelasse?
Quais alianças poderiam ser quebradas antes mesmo de acontecerem?
Em um futuro não tão distante, a vida como a conhecemos se foi, juntamente com nossa liberdade. Bombas estão sendo lançadas por agências administradas pelo governo para que a nação perceba quão fraca é. As pessoas não podem viajar, não podem nem mesmo atravessar a rua sem serem questionadas.
O que causou isso? Algo que nunca deveria ter sido tratado com irresponsabilidade: o tempo.
O tempo não é linear, nem algo que continua a funcionar. Ele tem leis, e se você quebrá-las, ele apagará você; o tempo em que estava continuará a seguir em frente, como se você nunca tivesse existido e tudo vai acontecer de novo, a menos que você interfira e tente mudá-lo...

O livro começa com Em e Finn sendo mantidos como refém do doutor. O mundo lá fora está terrível por conta da máquina do tempo. Pessoas morreram, estão sendo vigiadas ou perderam a liberdade. E tudo o que o doutor quer de Em e Finn é que eles digam para ele onde certos documentos foram parar. Os dois são torturados, porém eles não dizem o que o doutor quer. Eles se agarram a esperança de que os documentos são extremamente valiosos para que eles continuem vivos. Eles estão meses trancados - cada um em uma cela - sem se ver e a única coisa que podem fazer é conversar um com o outro por meio de uma passagem de ar. Até que um dia eles conseguem fugir, e eu não irei falar como, e irão voltar 4 anos no tempo para matar uma pessoa, uma única pessoa, que pode ser a chave para finalmente parar com este pesadelo, antes que a máquina do tempo seja construída.

Quatro anos antes, Marina está perdidamente apaixonada pelo seu amigo de infância James e acredita que finalmente ele irá revelar que a ama. Um quase beijo a deixa totalmente ansiosa para o que pode acontecer. Ela é uma menina rica que não tem a atenção necessária de seus pais, que dão mais atenção a futilidades ou trabalho, e que tem sérios problemas para se aceitar. James é um prodígio, com apenas 17 anos já está fazendo seu doutorado, perdeu seus pais ainda novo e só tem o seu irmão mais velho Nate. Os dois vão para uma festa, juntamente com o melhor amigo de James, Finn, que Marina detesta, para prestigiar Nate, congressista, que irá fazer um discurso. Só que nem tudo é como esperado e uma tragédia acontece. O que ocorre naquela noite mudará a vida de todos eles de uma forma que eles ainda não podem compreender. Quando o futuro vem mudar o passado você se agarraria ao presente?

O livro é narrado em primeira pessoa, alternadamente, por Marina e Em. Enquanto Em, junto com Finn, tenta mudar o futuro da humanidade voltando no tempo, Marina só tenta fazer com que a pessoa que ela mais ama na vida não se machuque com os acontecimentos. Uma se agarra no presente, Marina, e Em, sabe que o futuro depende dela. 

Ler algo sobre viagem no tempo dá um nó na cabeça. Achei uma sacada muito bacana da autora em nos mostrar que, dependendo do que passamos com o passar dos anos, nos tornamos pessoas totalmente diferentes. A forma de agir, de pensar, as pessoas que amamos. Tudo pode mudar. E tenho certeza de que poderíamos experimentar isso se voltássemos, ou então, avançássemos no tempo. As pessoas que mais amamos podem trazer muita dor no futuro. Nunca sabemos quando a pessoa que conhecemos pode desaparecer e dar lugar para uma pessoa estranha. O poder, muitas vezes, faz com que as melhores pessoas sejam corrompidas. 

"Eu fecho os olhos. Ver os dois me enfraquece. Tento me lembrar de que aquele menino na cama já se foi. O homem que usa seu rosto no futuro foi torcido e deformado até ficar irreconhecível até ficar cruel por causa da ambição e da determinação perversa de fazer o que acha certo". 
Algo que achei que ela poderia ter explorado mais foi o futuro. Queria realmente saber como as coisas estão no futuro. Não achei que ficou totalmente claro como é que a sociedade desmorona por conta de uma máquina do tempo. O motivo das pessoas serem caçadas, torturadas, mortas, vigiadas. Mesmo ela colocando cenas que mostram um pouco antes do mundo ficar desse jeito, eu acredito que poderia ter explorado mais o futuro. Gostei muito de todas as perguntas que a autora colocou em minha mente durante a leitura e também gostei muito do romance. Em com Finn - que achei muito doce, sofrido - por conta da situação - e cheio de esperança. Marina com James - aquele amor unilateral, sonhador e que marca a vida toda. E que tem certas coisas que irão ocorrer independentemente das mudanças no passado.

Achei a capa bem bonita, a fonte é boa para a leitura e o papel é amarelado. Foi uma leitura rápida, de apenas dois dias, já que a escrita da autora é bem fluida.

Olha só que legal!

12 comentários:

  1. Recebi esse livro e tô um pouco arredia em lê-lo acredita?

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Sinceramente, não entendi essa premissa. Quer dizer, eu entendi o básico - a volta no tempo. Mas, o que não entendi é o porquê de tantas voltas assim. Enfim, só mesmo lendo pra entender, mas até que gostei da premissa. Pena que, como sempre, os protagonistas são jovens demais - pelo menos, eu entendi assim, mas posso estar enganada.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Eu também recebi esse livro e estou louca pela leitura, mas tem tanta coisa pra colocar em dia que ainda não consegui começar a leitura, mas espero pegar em breve.

    Beijokas

    ResponderExcluir
  4. Oi! Tudo bem?
    Eu estou louca para ler esse livro, e sua resenha só me deixou com mais vontade! Essa capa é linda, e adorei o tema, mas tenho muito medo de me decepcionar com a leitura. :/

    Beijosss,
    Pizza and Books/

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Tenho muito interesse em ler esse livro, a temática me deixa curiosa e a estória parece ser muito interessante. Assim que possível, pretendo lê-lo.

    Beijos,
    Andy!
    http://quotesperdidos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?

    Gostei muito da sua resenha, a capa desse livro é muito bonita e, tipo... Agora bateu um ENORME curiosidade kkkkk, sério, tenho que ler o mais rápido possível!

    http://desencaixados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bom?
    Todos os nossos ontens eu tenho na estante, mas ainda não tive tempo/oportunidade para ler. Essa coisa toda de estar no futuro e voltar no passado pra alterar coisas para o futuro me buga completamente, porque, dependendo do que se faça, pode alterar tudo e, assim, nos deixar fora do futuro. Em vista disso, como voltariamos para o passado?!
    Pois é... espero que a autora não tenha se enrolado nisso. Espero também, poder ler em breve. Beijos,
    http://www.quinzeinvernos.com/

    ResponderExcluir
  8. Amo filmes, livros e coisas confusas e mexer com o tempo mesmo que seja meio confuso, eu super curto.
    Tinha lido uma resenha deste livro já, mas não falava disso rs.
    Enfim super gostei. :)
    Beijos, Maisa.
    Reino Literário Br

    ResponderExcluir
  9. Eu já tinha ouvido falar sobre esse livro, mas acho que é a primeira resenha que leio dele.
    A premissa não me chamou muita atenção, infelizmente.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  10. Oiie,

    Em primeiro lugar quero dizer que amei a capa desse livro, achei a arte dele toda linda com essa junção de cores. Sabe eu não curto muito livros que ficam intercalando presente e futuro ou presente e passado, eu acabo me perdendo totalmente rs Admiro quem consegue ler e entender.

    Bjs

    ♡ Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
  11. Oiii que capa mais linda!!!
    Não conhecia o livro nem a historia, mas fiquei mega curiosa menina!!!
    Gostei muito da sua resenha e acho que minha lista de leitura acabou de ganhar mais um livro desejado haha

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bom?
    A NC mandou esse livro e lembro que foi uma das sinopses que chamou minha atenção. Viagem no tempo é algo que sempre me intriga nos livros e amo esse tipo de história. Fiquei bastante curiosa com o que você descreveu na resenha.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir