Filme Taiwanês,

Hora do Oriente: Resenhando Our Times - Filme Taiwanês

15:02 Jéssica Figueiredo 0 Comments





Olá pessoal, tudo bom?
O blog está no ar faz dois anos e o assunto principal é livros. Só que eu tenho um vício que parece que nunca irá sair de mim. Outro dia eu faço uma postagem explicando como foi que isso começou. Bom, muitas pessoas curtem ver filmes de outros países - fora os dos E.U.A. - filmes franceses, alemãs... Essas coisas. Só que eu amo mesmo filme do oriente. Filmes Coreanos e Japoneses (são meus preferidos), Chineses, Taiwanês, Filipino... Enfim, eu curto muito assistir esses filmes. Mesmo muita gente falando que não gosta e que é muito ruim, mas PASMEM. Se você souber procurar você irá encontrar excelentes filmes. E PASMEM mais ainda... Existem vários filmes conhecidos dos E.U.A. que foram baseados em filmes Coreanos, Japoneses... Então, já entenderam que não é só o pessoal do E.U.A. que sabe fazer uma boa trama.


O filme começa com Truly Lin (Joe Chen) vivendo a sua vida no trabalho. Sendo uma funcionária exemplar e com um namorado que poderia resultar em casamento. Parecia que ela estava com a vida perfeita, só que na verdade não é isso que está acontecendo. Ela começa a se lembrar da sua época de escola e de como ninguém preparou ela para o que seria a sua vida adulta. Muitas vezes deixamos algo no passado escapar, mesmo ele sendo precioso demais.


Tudo começa quando Truly Lin (Vivian Sung) está no colégio e ela recebe uma carta corrente - antigamente o pessoal escrevia mesmo e mandava para o pessoal - e se ela não entregasse para 5 pessoas ela iria ser amaldiçoada. Com medo da maldição ela termina escrevendo as cartas e começa a distribuir com o passar dos dias. Ela é loucamente apaixonada por Ouyang Fei-fan (Dino Lee), o cara mais bonito e legal e inteligente do colégio (é nada e.e). Só que num dia um valentão do colégio Hsu Tai-yu (Darren Wang) quase briga com Ouyang. Truly então decide que irá enviar a cartinha da maldição para Hsu Tai-yu.



Tudo poderia ter corrido bem se Hsu não tivesse sofrido um acidente por conta da carta. Assim que ele descobre que quem enviara a carta havia sido Truly ele diz que quer ser "amigo" dela e a faz de gato e sapato. Só que os dois terminam ficando realmente próximos quando eles descobrem que Ouyang estava "namorando" Min-min (Dewi Chien). A verdade era que Truly gostava de Ouyang e Hsu gostava de Min-min. Eles decidem se juntar para conseguir separar o casal e ficarem com a pessoal que eles gostam. Eles só não poderiam imaginar que eles iriam virar realmente grandes amigos.

Resultado de imagem para our times
Eu gostei muito do filme quando assisti. Gostei de cada parte dele. Uma coisa bem legal é que ele se passa nos anos 90. E a caracterização dos personagens é uma marca bem marcante daquele tempo. Inclusive as cartas correntes - que recebemos pelo e-mail - as pessoas recebiam em forma de carta realmente, os locais das locações. Tudo foi muito bem pensado para nos transportar para esta época.
Algo bem marcante é o cabelo de Hsu - com gel e tudo mais.



Algo que acontece nesses tipos de filmes são os clichês, mas, minha nossa, eu não me importo nem um pouco com o clichê quando vejo esses tipos de filmes. O que acontece? Truly é uma menina desajeitada que gosta do cara mais popular do colégio. Só que ele já está com outra menina... Que é a menina mais popular do colégio Min-min, como competir? Muitas vezes nesses tipos de filmes o cara popular termina notando a menina depois que ela começa a se arrumar toda, só que neste filme, Ouyang nota Truly do jeito que ela é mesmo.

 photo Times 14.jpg
Mesmo Hsu sendo o cara valentão do colégio eu, em nenhum momento, não gostei dele. Achei que ele teve um carisma desde o início do filme. As suas cenas eram bem engraçadas e sempre quando ele pedia para Truly fazer algo "que seria contra as normas do colégio" ele dizia para ela: Faça, pois se você não fizer você vai se arrepender no futuro. Algo assim. Então, daí você pode perceber que ele foi uma pessoa que marcou muito a juventude de Truly, pois ele não queria que ela se arrependesse de fazer alguma coisa depois de anos.




Eu amei muito a amizade dos dois. A forma como ela foi construída. A confiança e companheirismo que os dois tinham um pelo outro. Até que chega o momento em que você vê que eles são perfeitos um para o outro e começa a torcer pelos dois. Eu não gosto de comédia romântica. Pois, é né.

 São poucas as que conseguem me fazer gostar. Filmes brasileiros e dos estados unidos que envolvem esta temática eu já costumo torcer um pouco o nariz. Agora, eu AMO muito comédia romântica desse povo hahaha Da Coréia, Japão e agora do Taiwan. Acho que esse foi o meu primeiro filme Taiwanês <3 E eu já vou guardar com muito amor. 


Quem não se lembra daquele amor do colégio? O filme é fofo, muito engraçado, romântico e você vai querer mais e mais.




Tão fofo <3




Vou deixar o trailer pra vocês :D



Vocês podem assistir aqui: Dopeka

Olha só que legal!

0 comentários: