Cedido para Resenha,

Resenhando: O Mago de Camelot - A Saga de Merlin para Coroar um Dragão

20:24 Jéssica Figueiredo 6 Comments

O Mago de Camelot foi cedido para resenha pelo parceiro do blog o autor: Marcelo Hipólito :D

Autor: Marcelo Hipólito
Editora: Novos Talentos da Literatura Brasileira
Páginas: 151


O livro começa com os romanos invadindo Avalon e matando os druidas servos da Natureza. Nimue também serva das vontades da Natureza chega ao local sagrado com o intuito de expulsar os romanos e devolver a terra sagrada aos druidas. Ela já sabia que aquele local seria precioso. Erigiu um altar para ao filho da natureza. Que iria mudar o mundo.

"E, em seu assombro, eles espalhariam o mito da mulher carregada ao fundo do oceano pelas brumas da Ilha das Maçãs. E chamaram-na de Dama do Lago, a morta e Avalon, senhora do mar e do lago de névoas.
E nenhum forasteiro tornaria a se aproximar de Avalon, o santuário proibido dos druidas".

Duzentos anos depois a britânia está em guerra com os saxões. O que ninguém esperava era que os saxões não seriam os únicos inimigos e a partir da traição de Vortigen, conselheiro de Constantino, rei da britânia, o looping de guerras, mortes, traições e tristeza se seguem de uma forma estrondosa. Uma atrás da outra. Sem tempo para respirar Marcelo Hipólito nos leva a uma britânia que sangra por vingança.

Durante os anos em que as incontáveis guerras se passam aparece Merlin, com seus quinze anos, pobre e ladrão. Teve o seu destino traçado quando prestes a morrer nas mãos do druida mais poderoso da britânia, Blaise, para um sacrifício, a Natureza mostrou o seu destino e sua vida foi poupada. Com a promessa de tornar-se um druida poderoso, Merlin, aceita virar o aprendiz do druida que quase levara a sua vida.

"Blaise estendeu estendeu a mão livre a Merlin.
- Seja meu aprendiz.
Merlin hesitou, mas então tomou a mão de seu mestre.
- Não se engane - disse o jovem. - Eu pretendo matar você".

Enquanto os anos se passam Merlin mostra-se como um sagaz aprendiz e descobre o seu destino. Com um plano ardiloso ele consegue virar o tutor do legítimo rei. O legítimo dono da tão aclamada Excalibur, resplandescente em sua empunhadura de ouro maciço, esculpida na forma de um violento dragão com olhos de rubi. E o mago, não mais druida e nem um pouco voltado para a Cruz, coloca o nome do garoto de Arthur.
"Marcada por sua visão secular, a influência de Merlin sobre o novo rei atrairia a inimizade das duas grandes religiões. Entre os druidas, o mago ficaria conhecido como o Renegado. Temido, evitado, detestado. Para os cristãos, seria o Sombrio, um agente do Mal, praticante das artes ocultas. Odiado, invejado e desprezado".



O que posso dizer a respeito do livro? Primeiramente a escrita é excelente. As palavras devidamente escolhidas tornam a narrativa fácil de compreender, pois a quantidade de guerras e de usurpadores é enorme e se mal contada você terminaria se perdendo. Adoro histórias que falam a respeito de Arthur, Lancelot e Camelot. Esta época onde a magia era real. Os druidas eram temidos até pelos reis. Influentes em decisões e batalhas. Confrontos sangrentos estão reunidos sem muito espaço de um para o outro o que torna a história fluida. Você sempre irá se peguntar quem mais estará tentando roubar o trono da britânia. Achei empolgante e posso dizer que nas últimas páginas tive que levar o livro mais para perto do meu rosto para que toda a atenção fosse voltada para aquelas palavras, para aquela situação. Fechei o livro e afaguei a capa feliz por ter sido levada para tão longe de casa. Para um local onde a magia realmente existe.

O Autor: Marcelo Hipólito



Olha só que legal!

6 comentários:

  1. Olha eu li e amei, cara é uma história impressionante... É coisa de louco e amei a sua resenha parabéns... XD

    ResponderExcluir
  2. Realmente é algo de louco mesmo hahaha e impressionante. Obrigada :3

    ResponderExcluir
  3. esse livro parece ser muito bom!!! quero ler!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é sim. A leitura é rápida e é sempre tudo cheio de acontecimentos :D

      Excluir