Literatura Nacional,

Resenhando: O Vestido de Trinta Rosas

12:01 Jéssica Figueiredo 0 Comments



Olá pessoal, tudo bom?
O livro resenhado de hoje é de uma pessoa muito especial. Lívia Messias foi uma pessoa que tive o imenso prazer de conhecer na X Bienal do Livro de PE. Dividimos um estande - com outros autores - para a venda de nossos livros. Foi uma experiência muito bacana :D O Vestido de Trinta Rosas é um livro Infanto-Juvenil que está repletos de ensinamento, algo que curti muito.




Sinopse: E se você encontrasse um vestido capaz de transformar o amor em realidade? Usaria? Enfrentaria as consequências? Helena mora na Vila Íris, um lugar encantado. Lá, conhece Ícaro e se apaixona, mas não sabe se é correspondida, então decide usar um encanto. O Vestido de Trinta Rosas fala de amor, escolhas, responsabilidades e esperança.






Helena era uma menina simples da Vila Íris, que tinha uma melhor amiga cega, chamada Sara. Helena estava vivendo a sua vida até que um dia ela se apaixonou perdidamente por Ícaro. O problema é que ela não sabia o que fazer com este sentimento, já que tinha muito medo de contar sobre ele e perder Ícaro para sempre. Ao invés de contar para ele o que sentia, ela preferia escrever versos secretos de amor. Somente assim ela poderia tirar um pouco daquele sentimento de seu peito, sem revelar toda a verdade.

Sara várias vezes diz para Helena que o melhor que ela pode fazer é contar sobre o seu amor para Ícaro, já que ela conseguia olhar através dos sentimentos e emoções da pessoa, ela sabia que Helena estava muito conturbada com tudo o que estava acontecendo. Os seus conselhos não eram ouvidos pela amiga apaixonada, e Sara passa a ficar muito preocupada com Helena, principalmente porque algumas pessoas tendem a trilhar caminhos mais fáceis e errados quando desejam algo e não têm a coragem para encarar os obstáculos pelo caminho.

"O amor é livre, e não pode ser comprado e nem enganado".

Helena já desesperada pela falta de coragem acredita que deve ter um método mais fácil para finalmente ter o seu amado, eis que surge uma senhora que diz ter a solução para ela. Helena fica encantada quando descobre que poderia ter o amor de Ícaro quando vestisse O Vestido de Trinta Rosas, ela fica tão deslumbrada que não presta atenção às consequências de seus atos. Assim que usa feitiço tudo muda na vida de Helena e ela finalmente consegue o amor de Ícaro, mas às custas de quê? Será que vale a pena aprisionar algo tão belo como o amor?

Como eu já disse para vocês eu gostei da leitura deste livro por conta dos ensinamentos que ele nos passa. E o melhor foi que a autora escreveu o livro depois de um sonho :D Podemos encontrar também ilustrações no livro, que achei muito fofas :3 Desde o início a autora coloca em sua narrativa pensamentos que nos fazem refletir. Acho que a voz da consciência já apareceu para todo mundo quando sabemos, lá no fundo, que não devemos fazer tal coisa. E é isto o que acontece com Helena, ela sabe lá no fundo que o que está fazendo é errado. 

O Vestido de Trinta Rosas é um feitiço de egoísmo, onde a pessoa coloca a sua própria felicidade acima da pessoa que deveria amar. Acho que felicidade deve ser compartilhada e não monopolizada. A nossa vida toma um rumo de acordo com as nossas ações, se fazemos algo de errado para o próximo nada de bom surgirá disto. As nossas escolhas também podem influenciar a vida de tantas outras, então tem certas coisas na vida que temos que tomar cuidado. Outras vezes escolhemos seguir pelo caminho que aparenta ser o mais rápido e fácil, quando na verdade o este é o pior caminho para se seguir, ele será mais longo e cheio de privações. 

Não irei contar todos os outros ensinamentos do livro, mas tenham a certeza de que este pode ser um livro destinado ao público infanto-juvenil, porém ele serve para todos na vida.

Olha só que legal!

0 comentários: