Cedido para Resenha,

Resenhando: Ela Está em Todo Lugar

12:27 Jéssica Figueiredo 0 Comments

Olá pessoal, tudo bom?

Hoje eu estou aqui para resenhar um livro que me surpreendeu e foi além de minhas expectativas. O livro foi cedido pela Editora Gutenberg do Grupo editorial Autêntica. O livro é um infanto-juvenil, pode-se ver pela capa. O Título original é I am Princess X, que eu achei bem legal, tem tudo a ver com o livro, mas acho que o título daqui do Brasil chama mais atenção.


Ela está em todo lugar


May e Libby criaram a Princess X no dia em que se conheceram, e desde então tornaram-se inseparáveis. Através da personagem, as garotas mataram todos os dragões e escalaram todas as montanhas que a imaginação delas pôde criar.
Até Libby e sua mãe morrerem em um acidente de carro.
Três anos depois, May começa a ver imagens da Princess X em adesivos e pôsteres por toda a cidade.
Isso só pode significar uma coisa: Libby está viva. E May não vai parar enquanto não encontrá-la.






Logo que recebi o livro eu fiquei encantada, pois ele tinha ilustrações, eu não sabia que ele teria, a cor da fonte é lilás, assim como as ilustrações. A diagramação foi uma das coisas me deixou muito feliz. Esse cuidado que a editora tem com o livro parece que é como se estivesse cuidando da gente <3 Como eu fiquei muito curiosa com o livro eu sai folheando e vi que nele tinha como se fosse uma história em quadrinho. O enredo de "Ela Está em Todo Lugar" parece um pouco previsível. 'Uma menina que perde a sua melhor amiga e tenta lidar com tudo isso'. Só que o livro não tem nada de previsibilidade. Em um livro voltado para adolescentes, com uma diagramação fofa, nós somos transportados para uma história densa e profunda sobre a parte sombria do ser humano, determinação, esperança e amizade.

Foi em um dia de colégio, aula de Ed. Física, que May e Libby se conheceram. As duas não tinham nenhum amigo no momento e não estavam participando da aula de Ed. Física. Libby sabia desenhar muito bem e para divertir algumas criancinhas, pegou um giz e começou a desenhar o que elas pediam. May terminou se juntando a brincadeira, ela não sabia desenhar, mas tinha uma boa imaginação. Juntas, as duas criaram a Princess X. Uma princesa que usava sapato All Star vermelho, um vestido rosa com mangas bufantes, cabelo grande esvoaçante, uma pequena coroa e, a parte mais legal, pois ela não era uma princesa comum, usava uma Katana para lutar. Assim nasceu, junto com a Princess X, a amizade das duas. Os anos se passaram e tudo estava perfeito. May adorava o tempo que passava com a sua melhor amiga, o modo como ela era perfeita em tudo e fazia todo mundo se sentir bem... Até que Libby e sua mãe morrem afogadas em consequência a um trágico acidente de carro.

Instagram photo by horadaleitura1 - Leitura da vez! Ela está em todo lugar. Livro em parceria com a @editoragutenberg  Ainda estou no começo, mas a história prende a atenção e a diagramação é perfeita! ♥♥ #ler #livros #livro #leitura
Foi o pior golpe que May poderia ter sofrido, junto com a morte de sua melhor amiga, seus pais terminaram se separando e ela termina indo morar muito longe. Anos se passam sem que May consiga ter uma amizade tão especial quanto a que ela tinha com Libby. Por um tempo ela termina voltando para sua antiga cidade e vai morar com o seu pai. Tudo parecia normal e insignificante até que ela percebe alguns desenhos espalhados pela cidade da Princess X. Isso a deixa alarmada, pois sempre sonhara que Libby, de alguma forma, tinha conseguido sair daquele carro e nadado para a superfície, mesmo tendo encontrado o corpo dela. Será que ela estava ficando louca? Ela termina descobrindo que tudo se tratava de um site onde existia uma história em quadrinhos sobre a Princess X. Mas como se a sua amiga estava morta?

Ela termina buscando pedindo ajuda a um Hacker, Patrick - adorei ele, pois ele era bem engraçado -, para tentar descobrir quem postava a história. Enquanto ela lia os quadrinhos ela percebe que a história está totalmente errada. Nada daquilo fazia parte das histórias que ela havia criado junto com Libby, porém alguns personagens e situações a faziam lembrar da amiga. É lendo que ela termina percebendo que algumas verdades são mais desesperadoras e sombrias do que as mentiras.


Não quero dar nenhum spoiler sobre o conteúdo da história em quadrinhos - que está presente no livro -, mas foi algo que eu realmente não esperava. Foi o que me prendeu na leitura. Eu queria saber o que havia acontecido com a Princess X no decorrer da história. E, algo que me surpreendeu foi que uma história tão trágica e densa estava contida em um livro cheio de rosa e lilás. Achei muito genial isso, pois o livro aborda o tema - que não vou falar - para adolescentes de uma maneira que eles vão entender, mas que não é tão pesado assim - já que está em quadrinhos sobre uma princesa. Nós lemos e descobrimos tudo junto com May. A história em quadrinhos não é colocada inteirinha de uma vez só, ela está dividida por entre as páginas do livro. Eu saí mostrando o livro para várias pessoas e comentando sobre a genialidade de toda a história, mas não irei dar spoiler. Se você ficou curioso, você pode ter certeza de que essa é uma leitura que vale a pena.

Olha só que legal!

0 comentários: