Cedido para Resenha,

Resenhando: 172 Horas na Lua

13:51 Jéssica Figueiredo 0 Comments

Olá pessoal, tudo bom?
Hoje a resenha é do livro cedido pela Novo Conceito, 172 Horas na Lua. Muitas pessoas acharam a imagem da capa bem estranha, mas depois que você lê o livro tudo faz sentido.

Resultado de imagem para 172 horas na luaImagine só se a NASA estivesse querendo voltar com as viagens espaciais até a lua e para isso você tivesse que participar de um sorteio. Porém, somente adolescentes poderiam se inscrever neste sorteio - fato bastante estudado para atrair a atenção da mídia e com isso obter a aprovação de todos - você se inscreveria neste sorteio mais difícil do que ganhar em uma mega sena?

Para Antoine, francês, o motivo para ter se inscrito foi a sua ex-namorada que já estava com outro cara. Ele a amava tanto, mas não conseguia ficar mais perto dela. Uma distância da terra até a lua seriam suficientes para fazer esquecê-la?

Para Midori, japonesa, o mundo era gigante e ela não deveria continuar vivendo do mesmo jeito de sempre. Uma viagem até a lua seria empolgante e ao mesmo tempo diferente de tudo o que ela poderia fazer em toda a sua vida.

Para Mia, norueguesa, nada além de sua banda importava e isso também incluía a NASA, ela não queria saber de viagem espacial. O que ela iria fazer na lua se o que ela queria era cantar? Porém, não era isso o que os seus pais achavam e o que há de melhor em ter a oportunidade de ir para a Lua?

Antoine, Midori e Mia são os adolescentes sortudos que ganham o sorteio para irem com a NASA em uma expedição de 172 horas na lua, o motivo dito para todas as pessoas era a comemoração de aniversário do primeiro pouso lunar, mas o real interesse era obscuro. As pessoas nunca deveriam querer voltar para a lua, lá não era o lugar correto para os seres humanos.

Algumas situações inexplicáveis acontecem com os adolescentes antes deles embarcarem para os treinamentos, situações essas que são explicadas no final do livro. No decorrer da leitura, temos a mistura da ficção com a realidade, relatos históricos e reais são adicionados ao corpo do livro, inclusive imagens. 

Quando os tripulantes chegam à lua tudo começa a dar errado e você fica tentando descobrir até o final do livro o que será que pode ser. Isso foi o que prendeu realmente a minha atenção na história, queria realmente descobrir o que seria o grande mistério. Momentos de tensão irão permanecer na em sua leitura e será que você irá conseguir descobrir quem irá sobreviver? Confesso que não esperava pelo que eu li, mas ainda não sei se era essa a explicação que esperava, acredito que não e acho que é por isso que as últimas páginas do livro tivessem passado com um pensamento "sério que isso realmente está acontecendo?" Fiquei surpresa e é um final que você não consegue suspeitar.

Gostei da narrativa do autor, das fotos, relatos históricos misturados com ficção e o final dado à trama. Fiquei com vontade de quero mais depois do final, como que para saber o que se sucedeu após todos os acontecimentos.

Se você tivesse a oportunidade de ir à lua, você iria?

Olha só que legal!

0 comentários: