Cedido para Resenha,

Resenhando: Zylgor II - O Príncipe Flamejante

09:07 Jéssica Figueiredo 0 Comments



Olá pessoal, tudo bom?

Hoje trarei a resenha para vocês do segundo livro da série Zylgor! Vocês podem saber mais sobre a resenha do primeiro livro clicando AQUI 👈

Tentarei ao máximo não dar spoilers, já que precisarei contar um pouco do primeiro livro para poder situar todos vocês nesta resenha.

Cã, veio diretamente da terra para Zylgor e, passou por várias aventuras no primeiro livro tendo se apaixonado pela princesa Lílat, porém, devido a vários acontecimentos a princesa desaparece deixando todos tristes. Neste segundo livro nós acompanhamos, nas primeiras páginas, o destino da princesa e a chegada de um personagem misterioso que a ajuda, porém eu ainda estou em dúvida se ele era de fato um amigo. Acredito que a autora quis deixar no ar para nós leitores, contudo Lílat acredita neste andarilho de nome Vexksar. Lílat acorda depois de muito tempo sem saber quem realmente era, em uma terra distante e conta somente com a ajuda de Vexksar. Aos poucos a sua memória vai voltando, mas o seu retorno não será nada fácil.

Muito longe dali, nas Terras Aquecidas, a matriarca através de sonhos descobre o paradeiro da princesa. Ela, na verdade, estava nas Terras Gélidas, lugar onde moravam os Elfos Brancos. Uma espécie de guerreiros que estava do lado do Adversário - o grande vilão de Zylgor. Era preciso então criar uma comitiva para resgatar Lílat. A rainha então decide deixar a missão sob o comando de seu campeão Cã e também de Áspio, o príncipe dos Silfos - que no livro passado havia lutado bravamente, porém era extremamente namoradeiro. 

Para se chegar nas Terras Gélidas iria ser necessário atravessar o oceano e para isto eles contariam com a ajuda de Crânio Espetado - um pirata ganancioso, mas amável. Contariam também com a ajuda de Ormina e Surga - duas fadinhas que adoravam fazer travessuras, explodir coisas e dar choques naqueles que as infortunassem. Vu - um dos três duendes que criaram Lílat e que agora era comandante - também iria nesta jornada. 

A narrativa da autora também nos leva para uma parte da história de Zylgor. Sobre a história trágica de amor entre a primeira matriarca de Zylgor e um Elfo Branco. Este segundo livro está marcado por conflitos entre Cã e Áspio. Os dois são possuidores dos cristais elementares, porém ambos almejam a mão da princesa Lílat. Para Áspio nada mais justo que ele, o príncipe dos silfos despojasse a princesa. Os dois reinariam as Terras Aquecidas, tendo ela como sua primeira esposa, claro, pois os silfos podem ter mais de uma esposa. Cã nutria um amor puro por Lílat e só de pensar em perdê-la fazia com que o campeão da rainha desprezasse o silfo mais do que tudo no mundo. É palpável o descontamento e rivalidade entre os dois, porém com o passar das páginas você percebe uma camaradagem que vai crescendo aos poucos.

Posso até dizer que o meu personagem preferido deste livro foi Áspio. A sua personalidade é marcante e podemos nos divertir com suas falas, manias e o seu jeito namoradeiro. Ele tinha a capacidade de se teletransportar e isso era uma grande vantagem, pois ele não pensava duas vezes em utilizar este poder para ajudar os outros, mesmo se isso incluísse por em risco a sua própria vida.

Uma nova personagem de grande importância para a história é Ives. Encarregada de uma missão, ela ganha a confiança de todos e até mesmo o coração do silfo e de Cã. Entretanto, ela não esperava que fosse nutrir simpatia e até mesmo amizade por eles. O que a deixa perdida em seus sentimentos. Em diversas passagens do livro nós podemos observar a sua constante luta para se manter afastada, mesmo com a crescente simpatia por todos os participantes da missão de resgate. Ela é uma personagem mais intrigantes da narrativa, devido a todo o contexto do que ela considerava certo e suas novas amizades.

Nos livros de fantasia e aventura que eu já li em minha vida, nunca vi uma abertura tão grande para as mulheres. Em Zylgor elas são as mais respeitadas, elas são as mais imponentes, são matriarcas e apresentam importância de igual para igual com os homens. Podem ser destemidas, donzelas, raivosas, comandantes, piratas, amigas, companheiras. O fato de serem mulheres não as impede de fazer nada que desejem. Zylgor é um ótimo local para se nascer do sexo feminino.

A aventura é uma longa jornada pelo mar e somos apresentados à diversas criaturas e muitos personagens aparecem. Devo acrescentar um mérito à autora por ter conseguido conduzir a história com tantos personagens e, mesmo assim, dar características para cada um. Dar uma voz, espaço, credibilidade e momentos para cada um deles.

Fiquei a leitura angustiada com Lílat, pois só sabemos de suas condições no início do livro e depois não sabemos mais nada, assim como todos os outros personagens. Acredito que foi uma sacada da autora para nos deixar curiosos. Realmente não sei o que aconteceu com a princesa e fico me perguntando o que poderia ter acontecido com ela.

O final do livro me deixou triste - não esse triste que estamos acostumados a ter em finais de livros, com morte de alguém - foi um triste devido a situação. Eu gostava muito do entrosamento de dois personagens - se você já leu vai saber de quem estou falando - e saber que tudo pode ter tido um fim me deixou triste. Só me resta esperar que no próximo livro tudo se resolva, afinal, é isso o que os leitores fazem haha 😆 torcem para seus personagens fazerem as escolhas certas.

Zylgor II conseguiu manter a mesma essência do primeiro, dessa vez tendo uma complexidade maior nos personagens e suas motivações. Continuamos, dessa vez navegando, pelo mundo completamente novo e mágico criado por Lu Evans. E assim como o primeiro, terminamos a leitura com a vontade de saber o destino de cada personagem que nos cativou durante cada página.








Hey pessoal, espero que tenham gostado! Desde o ano passado Zylgor passou por mudanças na capa, então eu irei deixar aqui a nova capa do primeiro livro e também o link para o site onde vocês poderão ficar por dentro das novidades da série e até mesmo o link de compra. Então é só clicar AQUI 👈

Apaixonada por essa capa <3 




Olha só que legal!

0 comentários: